KACOU 13 : PREGAÇÃO SOBRE O ISLÃO

(Pregado no domingo, 9 de fevereiro de 2003 em Locodjro, Abidjan-Costa do Marfim)

1 O islão também receberá a sua parte da verdade de acordo com o que Deus tem decretado em Marcos 13:35.

2 Por quatro anos, eu estive sob tutela de uma família muçulmana. Eles me trataram tão bem que é como se eu tivesse uma dívida para lhes pagar. Em quatro anos de tutela, eles nunca quiseram receber um cêntimo dos meus pais...

3 Eles são tantos filhos de Deus assim como você e eu, mas é Deus que os tem colocado de lado nas cadeias do islão por um tempo. A atitude do mundo diante dos muçulmanos e árabes, foi á mesma atitude que eles tiveram para com os judeus sob o reinado de Hitler. O dia vem quando Deus lhes chamará: meu povo... Eu sou contra a religião, mas não contra as pessoas. Vocês veem?

4 O islão é a perfeita imagem do catolicismo, como a mão esquerda e a mão direita.

5 Bem! Agora, eu gostaria, no entanto, de dar uma imagem do islão, esta religião sanguinária e demoníaca que deve manter um povo cativo até o tempo marcado para depois ajoelhar diante dos seus próprios filhos em Nome de Jesus Cristo. Eu sou um rassûl e eu digo-o na virtude da missão que eu recebi em 24 de abril de 1993. Palavra de profeta. O tempo do julgamento de Deus sobre o islão vem! [Ed: A congregação diz: «Amém!»].

6 Antes do nascimento do islão, os Árabes adoravam uma multidão de deuses entre os quais Alá, a deusa do céu cujo símbolo era a lua, e Al'ozza, a estrela da manhã. Vocês podem entender facilmente o símbolo da lua e da estrela no islão. E da mesma maneira que a Roma cristianizou os deuses e as festas pagãs e romanas, é assim também que os deuses e as festas pagãs da Arábia têm sido islamizados. As palavras sagradas que os muçulmanos pronunciam antes de falar, são as práticas dos Kâhins que são os adivinhadores árabes. Maomé não foi procurar distante. O Islão é, em parte, uma pura fabricação humana baseada em objetos da fé já existentes. Esses deuses eram representados no céu pelas estrelas e na terra pelas pedras reunidas no Ka'ba em Meca.

7 Desde sempre, mesmo antes do Islão, cada ano, havia uma grande manifestação, o hajj; durante aquela manifestação dos peregrinos vindos de todos os lugares tinham que girar sete vezes em torno dessas pedras que os conduzia ao Monte Arafat, que é diferente do Monte Ararat na Turquia. É em janeiro de 622 que Maomé, apoiado por um exército de três mil homens entrou em Meca, derruba os ídolos de Ka'ba e deixa subsistir o que supostamente é a cadeira de Abraham, Ismael e Agar.

8 Maomé ele mesmo foi nascido em volta de 571. O seu suposto pai Abdallah morreu quatro anos antes do seu nascimento. A sua mãe Amina o pôs numa tribo de Beduínos e faleceu depois de ela o ter tomado de volta. Ele foi recebido pelo seu avô paterno que morreu quando ele tinha oito anos de idade. Foi então o seu tio Abu Talib que o criou. Ele se tornou pastor com o seu irmão adotivo. No norte de Meca, ele ouviu falar de Moisés e Jesus. Mas ele não pôde ter o Torá, os cinco livros de Moisés. Mas, mais tarde, Khadija, uma viúva Judia muito rica cuja caravana, ele conduzia e que se tornou sua mulher, ofereceu-lhe os rolos de Moisés. Os pais de Khadija opuseram a esse casamento, que no entanto, teve lugar. Ele tinha 24 anos e ela 40 anos. Depois da morte de Khadija, Maomé tomou nove mulheres legítimas e dezenas de concubinas das quais a mais amada era Aisha, a filha do seu amigo Abu Bakr, que seria o primeiro califa, o primeiro vigário depois da morte de Maomé. Aisha tinha 6 anos quando ele a tomou como sua noiva e casou com ela quando ela tinha 9 anos. Assim, Maomé casou-se com a Aisha quando ela tinha 9 anos. E foi nos braços de Aisha que Maomé morreu doente quando ela tinha 18 anos. Entretanto, saibam que não são essas coisas que tocam a sua vida privada que faz dele um falso profeta.

Mas como é que Maomé começou com o seu ministério? Por volta de 612, cansado de uma meditação, ele estava dormindo na caverna do monte Hira e ele teve um sonho. O anjo Djibril que não é o Arcanjo Gabriel da Bíblia, veio a ele e pediu-lhe para ler em um rolo. Maomé lhe disse: « eu não sei ler! ». Mas quando Maomé acordou, ele teve a impressão de que um livro tinha descido no seu coração; essa é a realidade do Maouloud. O alcorão não desceu literalmente do céu como é insinuado, mas aquilo tinha descido no coração de Maomé. E naquele dia, depois de sair da caverna, ele vê o mesmo anjo enorme, enchendo o horizonte e que o cumprimenta dizendo: « saudações, mensageiro de Alá ».

10 Assim, como ele foi órfão de pai no seu nascimento, o seu nome primeiro foi “Ma-Omé”, isto é, « sem-pai » ou « ilegítimo ». Foi quando ele se tornou profeta que o seu nome foi alterado para Muhammad, isto é, «abençoado de Deus». Mas no princípio era «Ma-omé», isto é, « ilegítimo ». « Ma » exprime a negação na língua árabe. Vocês veem? Saul e Paulo para o cristianismo, Maomé e Muhammad para o Islão. [Ed: A congregação diz: «Amém! »].

11 Isaac e Ismael, foi no Céu que a guerra tinha começado antes de chegar aos judeus e aos árabes. Isaac teve o judaísmo e Ismael também queria a sua religião.

12 E quando da parte de Deus, da descendência de Isaac, Jesus Cristo nasceu sem pai para uma religião derivada do judaísmo, era evidente que um dia, da parte do diabo, da descendência de Ismael, um filho seria nascido sem pai para uma religião derivada do judaísmo. Mas um nasceu de uma virgem enquanto que o outro nasceu de um pecado de sexo para tornar-se sexo personificado. E originalmente, o véu foi imposto às mulheres no islão para reduzir os pecados de sexo dos quais sofreu um homem, Maomé, nascido ele mesmo de um pai desconhecido.

13 E foi assim que até este dia, as mulheres se tornaram as vítimas das fraquezas sexuais de um só homem. É um crime, e vocês mulheres muçulmanas, eu imploro-vos em Nome de Deus, o Todo Poderoso, se vocês pensam que vocês não são a encarnação do diabo, então rejeitam este jugo e sejam livres! Por que a mulher se tornaria o diabo que é necessário colocar o véu depois de milhares de anos desde a criação do mundo? A mulher veio à existência antes do islão e Deus que a criou nunca colocou um véu sobre o seu rosto. Se vocês têm certeza que vocês não são á encarnação do diabo, que é preciso esconder, então rejeitam este jugo e sejam livres, pois, diante de Deus, vocês estão nuas apesar daquilo! [Ed: A congregação diz: «Amém»!].

14 Durante a sua vida, através de transes e gemidos, ele recebe e fala como por profecias, palavras que foram primeiro aprendidas de cor e depois transcritas nas omoplatas e peles de ovelhas e em papiros. Retenham que uma parte dessas inspirações não estão contidas no corão enquanto que elas são inspirações diretas do próprio Maomé.

15 E para chegarmos ao corão que nós temos hoje, era primeiro o califa Othman que estabeleceu uma « Vulgata » segundo os textos de Zayd Bin Thabit revisado por um comité. E antes e depois do califa Othman até a este comité passando por Zayd Bin Thabit, os textos sofreram importantes limpezas que removeram versos misteriosos que foram recebidos pelo próprio Maomé. Na verdade, eles eram fórmulas e encantamentos sendo capazes de causar manifestações sobrenaturais e aparições. As palavras sendo capazes de causar ações positivas ou prejudiciais sobre a natureza ou sobre as pessoas. Depois dos diferentes trabalhos, todos os restantes escritos foram sistematicamente destruídos. Todas essas coisas aí, mesmo o Sirat al Rasul, a sua primeira biografia não as menciona. Vocês veem? Para estar em espírito, ele era sacudido pela fortíssima presença de espírito.

16 E eu predigo que o mundo terminará com um islão carismático. Isso acontecerá um dia ou outro sobre a terra… [Ed: A congregação diz: « Amém! »].

17 Sinceramente, Maomé muitas vezes duvidou desse espírito, mas Khadija o encorajava. Ela o tinha influenciado muito, de outra maneira, ele teria se arrependido publicamente!

18 E o corão removeu tudo isto, em seguida, sofreu inúmeras modificações. Tudo que é sujeito ao trabalho de um comité é diabólico: como o corão, nós temos a bíblia Tob dos católicos, as bíblias Ostervald, King James, Martin, Louis Segond dos protestantes e evangélicos…

19 Maomé repetidamente teve crises que o fizeram perder a consciência, e ele mesmo pensou que era loucura. Todos os historiadores reportam isso. Aos 24 de setembro de 622, Maomé fugiu a Medina e estabeleceu-se como soberano pontífice e instaurou uma sociedade teocrática, fazendo fusão com a vida política, militar, econômica e religiosa que o islão ainda tem.

20 Antes do islão, as colônias judaicas já estavam em Yathrib, Khaibar e em todos os oásis do norte de Meca. Com o desejo de ter os Judeus, Maomé pede aos muçulmanos para virarem-se a Jerusalém durante as orações e também observar o jejum de Kippur, o jejum do grande perdão como os Judeus. Jejum, que se estendia por um dia de 25 horas, durante o qual as confissões eram públicas durante horas, como é dito em Neemias 9:1-3. E falando de Maomé, alguns Judeus pensaram que ele era o consolador prometido pelo Cristo. Os Judeus, portanto, chamaram-lhe e interrogaram-no e viram que ele era um sedutor. Quando Maomé viu que ele tinha falhado, ele tomou as armas e massacrou os judeus e pediu para os muçulmanos, doravante, olharem em direção a Meca durante a oração e ele transformou o jejum Kippur em Ramadão. E ele começou a contradizer Moisés, Jesus e a Bíblia. Alguns detalhes importantes que não estão no Sirat al Rasul, a sua primeira biografia.

21 Nenhuma parte é dito que Maomé buscou a santificação, senão for o mesmo comportamento brutal, animal e sanguinário que guardam os seus adeptos. A maior fraqueza de Maomé foi o sexo. A fornicação e o adultério acompanharam-no até a sua morte, e o que seria hoje que as mulheres são tão bonitas? Quando ele tomou uma segunda, ele não suportou e tomou uma 3ª, ele não suportou e ele tomou uma 4ª, uma 5ª, uma 6ª, … depois amantes e concubinas até que ele adoeceu e morreu. Mas, no entanto, esse Maomé tem mais moralidade que Tommy Osborn e a maioria dos pastores evangélicos porque apesar dessa vida e apesar do facto de que ele somente tinha se apoiado nos cinco livros de Moisés, ele não permitiu uma mulher no meio dos seus discípulos e os muçulmanos não permitem mulher imã. Eu observei isto de perto e eu entendi que todo muçulmano que deixa o islão e vai para uma igreja evangélica onde mulheres pregam, é um filho do diabo. [Ed: A congregação diz: «Amém! »].

22 E agora observam estes muçulmanos, apesar das cinco orações diárias, eles podem, logo que sairem da mesquita, capturar alguém e o assassinar como um animal. Mas no princípio da sua conquista da terra, eles temiam atacar os cristãos, mais intransigentes e mais diretos do que os judeus na sua verdade.

23 E é por meio de armas que uma parte da terra tem sido sujeita a essa religião por um tempo. E por escolher a sexta-feira como um dia santo, nós sabemos o que isso significa. O Senhor Jesus Cristo foi preso numa sexta-feira, Ele passou algum tempo na prisão e Ele foi crucificado numa sexta-feira. E todas as ordens místicas, os fetichistas, … têm como o seu dia favorável a sexta-feira. A sexta-feira é o dia do diabo, assim como o «13» é a figura do diabo. Satanás aparece em Apocalipse capítulo 13 e eu desvelei Satanás em Kacou capítulo 13. [Ed: A congregação diz: «Amém! »].

 24 Bem! Alguns muçulmanos falam de expressões impuras na Bíblia e, contudo, o corão contém uma grande quantidade delas e piores como exemplo de: «uma gota de esperma ejaculado» no surat Al-Qiyamah. Precisamente, corão, surat 75:37. É indigno dum livro santo. Se Deus não tinha dado o islão aos árabes, a humanidade já teria sido destruída pelos árabes. Vocês veem? É Deus quem fez isto para poder domesticar estes animais selvagens. [Ed: A congregação diz: « Amém! »].

25 É com muito amor que eu digo todas essas coisas, pois, os muçulmanos são um povo que Deus visitará um dia. É por causa disso que eu não tenho falado muito deles. Os murros do islão cairão um dia como os murros de Berlim e do comunismo. À hora vem quando um filho do islão se levantará sob as bases dessa Mensagem e será o portador da tocha da sua geração como eu e ele pregará para todo o mundo. Ele condenará os muçulmanos, os cristãos e os judeus. E  nesse tempo, aqueles que acreditarem queimarão os seus rosários, hadiths e corão e a grande e última perseguição contra a Igreja virá. Em Nome de Jesus Cristo, o cristianismo infiltrará e esmagará o islão como os muros de Berlin e é nesse tempo que a verdadeira perseguição começará e será assim! E é por causa dessa hora que Deus tem deixado subsistir e dado muita fama a um livro que se chama, «o santo corão».

26 Vem um tempo em que o cristão na África do Norte será capaz de adorar o seu Deus livremente, será capaz de falar livremente sobre o seu Deus e nenhuma lei e nenhuma religião será capaz de parar isso. Deus fará com que, um dia, através da internet ou outros, as barreiras e as paredes do islão serão perfuradas e os frutos serão vistos nas ruas e a Palavra de Deus e libertação chegará ao Árabe na África do Norte, mesmo em seu quarto interior. A internet é hoje, o maior meio de comunicação que Deus alguma vez concedeu à humanidade, capaz de perfurar todos os tipos de barreiras humanas e religiosas. E eu não sei como; mas um dia, o Deus dos cristãos visitará a África do Norte mais uma vez e grandes evangelizações serão realizadas em estádios como nos dias dos primeiros cristãos. E isto acontecerá um dia na terra porque eu, o profeta Kacou Philippe, anunciei isto!