KACOU 25 : PORQUÊ DEZ VIRGENS EM MATEUS 25:6?

(Pregada na noite de quinta-feira, 23 de novembro de 2006 em Adjamé, Abidjan – Costa do Marfim)

1 Quando um profeta mensageiro está na terra, é a mesa de casamento e o Reino dos Céus que vêm na terra. E vocês não podem tomar parte na mesa de casamento no Céu a menos que tomem parte naquela que está a ter lugar na terra em volta do profeta mensageiro da vossa geração. Vocês não podem entrar pela porta dos Céus, e estar na mesa de casamento, a menos que entrem pela porta da qual o profeta mensageiro tem as chaves na terra.

2 É por isso que em Gagnoa, no Irmão Bassiri, eu preguei sobre o tema: «As Chaves que giram no Céu» …  Vocês veem? Foi dito ao William Branham além da cortina: «Tu foste enviado como um líder na terra… Todos que tu amaste quando tu vivias na terra e todos que te amaram, Deus os tem dado a ti…».

3 Irmão, eu continuo dizendo que vem o dia em que os filhos do Islão e os filhos do Cristianismo se abraçarão na terra. Como Esaú e Jacob, os filhos de Isaque e os filhos de Ismael se regozijarão juntos. Isso é o que a humanidade espera e isso acontecerá… E quando nós vemos que aqueles kamikazes que não temem em morrer pela falsidade, vocês sabem que, o que Deus disse que deveria acontecer, a respeito dos seus filhos que queimarão os alcorões em frente das suas mesquitas, acontecerá. O Islão será abalado começando pelo seu próprio centro e pelos seus próprios filhos em Nome do Deus Todo-Poderoso. Eles pregarão contra o islão, o cristianismo e o judaísmo. E é nesse tempo que a última perseguição que a Igreja espera começará e assim será e é por causa dessa hora que Deus tem permitido subsistir e dado tanta fama a um livro que é chamado «o santo corão». 

4 O cristianismo avança como a trajetória do sol e nunca regressará. Vocês veem? Ásia depois Europa depois América, raça após raça, continente após continente… mas retenham que quando Deus termina de colher os filhos do Reino num país, está acabado. O resto são as rebrotas que serão colhidas durante a próxima ação de Deus na terra. Vocês veem? Quando William Branham estava ministrando, a América estava quente, mas a Europa era formalista quase indiferente e não podia fazer nada. Deus deveria apenas se recordar das rebrotas da semente de João Wesley, Martinho Lutero, Whitefield, João Calvino e muitos outros.

5 Irmãos, saibam que um profeta mensageiro nunca se levantará mais na Europa. Vocês veem? Quando vocês fazem um campo de trigo ou arroz, há plantas renascendo depois da colheita. Isso foi o que ocorreu com a Ásia quando Deus estava lidando com a Europa. E isso foi o que ocorreu com a Europa quando Deus estava lidando com a América. Isso é o que está acontecendo com a América e a Europa hoje. O ministério que Deus abençoará na Europa ou América e Ásia hoje é aquele que tomará essa Mensagem para colher as rebrotas da Europa, América e Ásia. Amém!

6 Se não é absolutamente impossível que um verdadeiro profeta mensageiro possa se levantar da América ou Europa hoje. No tempo de Paulo e os apóstolos, Ásia era o continente mais quente do cristianismo. No tempo de Martinho Lutero e João Wesley, a Europa era o continente mais quente do cristianismo. No tempo de William Branham a América era o continente mais quente do cristianismo. E agora veem que a África está se tornando o continente mais quente do cristianismo… 

7 Que Deus vos abençoe! Bem! Esta noite, eu gostaria de falar acerca do tema: porquê as virgens de Mateus 25 são dez?  Vocês veem? Por que dez moças virgens para o Senhor? É acerca disso que eu gostaria de falar agora. Porquê dez virgens? Será que isto é um tipo da Noiva de Cristo vindo de todas as nações como mostra o tipo de Salomão e Davi que tomaram várias mulheres? Não! não é isso, São elas as moças virgens que acompanham a Noiva como podemos ver isso em Ester 2:9? Isso é o que eu pensei antes que a Revelação viesse. Eu pensei que era o facto de que elas estavam vindo de todas as nações. E um bom teólogo pode ensinar isso e por causa da sua reputação e da sua fama, as pessoas acreditarão. Eles ensinam tudo que lhes parece lógico e o mundo os ouve porque isso é lógico.

8 Mas aquele que Deus envia, diz as Palavras de Deus. Vocês veem? Quando eu estava na escola, eu colocava todos os meus esforços em exercícios e tarefas de casa que o professor dava e eu esperava obter uma boa nota. Mas quando a correção vinha, eu poderia escutar: «Kacou Philippe, você tem seis sobre vinte!» E isso também me tornou sábio e consciente para as coisas de Deus. Pois, se para as coisas humanas eu não prevaleci, portanto não é para as coisas de Deus que prevalecerei pela minha inteligência.

9 Bem! Regressemos a nossa passagem de Mateus 25:1… porquê dez virgens? Eu não sabia disso até quatro dias atrás e se alguém falou acerca disso algures, eu não sei. E como sempre, eu ensino isso publicamente antes de saber o que alguém poderia pensar acerca disso.

10 Bem! Vamos ler agora Mateus 25, somente o versículo 1: «Então o Reino dos Céus será feito semelhante as dez virgens que tomaram as suas lâmpadas, avançaram para encontrar o Noivo».

11 Eu gostaria de especificar que quando a Noiva começou no tempo dos apóstolos até hoje, ela nunca foi duas ou três moças virgens para o nosso Senhor, mas apenas uma. Paulo não diz em 2 Coríntios 11:2 que ele nos esposou como moças virgens para Cristo, mas como uma única moça, uma única Noiva para Cristo.

12 Mas aqui como no tempo de Josué, o Israel espiritual aparece separado, cada um no seu lote, eu direi: cada um num lote. Dos dias de José até Moisés, Israel nunca foi separado, mas nos dias de Josué isso aconteceu, Israel foi dividido. A Igreja era apenas uma moça até a meia-noite, o profeta vê dez moças virgens na maturidade. E Ele diz: «O Reino dos Céus será semelhante às dez virgens…»  No futuro. Isto é, algum dia chegará quando a Igreja-Noiva aparecerá como dez virgens. E isso deverá ser apenas no tempo da maturidade. Amém! É isso.  

13 Bem! Depois de Moisés, houve um Josué e o segundo exemplo que é o mais próximo de nós é o de Elias e Eliseu. Vocês veem? Moisés e Josué, Elias e Eliseu e finalmente Branham e Kacou Philippe. Três, isso é perfeito. Moisés, Elias e Branham. Josué, Eliseu e Kacou Philippe. Isso é perfeito e tudo está certo. Olha pela Bíblia e verão que tudo não há nenhuma confusão, nenhuma desordem nEle. E nenhuma confusão para aquele que Lhe espera como uma criança. A Bíblia e os profetas nos mostram que a infalibilidade de Deus para os humanos passa sempre através de um homem e se Ele é o mesmo ontem, hoje e para sempre, o que Ele fez na antiga Aliança, Ele pode fazer igualmente hoje. E ninguém pode ser infalível a menos que ele espere a revelação de Deus primeiro porque somente Deus é infalível. O Senhor Jesus Cristo, que é o Próprio Deus manifestado na carne, disse: «Eu não posso fazer nada ou dizer nada a menos que Eu veja o Pai fazer primeiro». E a perfeição e a vontade perfeita de Deus e a infalibilidade são frutos de: «Eu não posso fazer nada a menos que Eu veja o Pai fazer primeiro…».

14 E essa é a única coisa que Deus pode reconhecer. E tudo isso não pode ser feito sem a paciência. Deus não faz nada sem a paciência. O Próprio Jesus poderia ministrar aos 12 anos de idade, mas Ele esperou até trinta anos de idade. E dos doze para os trinta anos de idade passaram: dezoito anos. E de 1993 até 2002 são nove anos. Vocês veem? E se vocês, todavia, recebem um chamado e tudo que vocês fazem não prospera e vocês sentem uma pressão, um fetichista tradicional é adequado para te explicar que é apenas um simples génio que tem as suas mãos sobre vocês. Vocês veem?

15 Bem! Tomemos 2 Reis 2 agora, falando acerca de Elias e Eliseu… Elias exerceu um ministério abençoado que depois de tal ministério ele foi raptado numa constelação de anjos. E esse ministério foi o último daquele tipo durante o qual a Igreja espiritual de Israel foi perfeitamente unida em espirito e corpo. Quando eles viram que este homem também poderia chamar fogo do Céu em 1 Reis 18 … que esse homem podia chamar fogo do Céu para consumir dezenas de humanos, que ele podia fazer chover, criar, ressuscitar… havia uma coisa para afastar e unir, o trigo e o joio e especialmente a Igreja-Noiva em uma única virgem.

16 Mas acima disso, foi o Espírito que lhes concedeu para se comportarem. E isso é o que a dispensação do Espirito deu-lhes para fazerem. Vocês veem? Não havia dez ou cinco virgens para encontrarem o Noivo, mas uma única moça virgem. Amém! Se vocês não veem ou não entendem o que estou a dizer observa o ministério mais próximo do tipo de Elias e Moisés, o ministério de William Branham. Quando William Branham estava a pregar, não havia congregação de tal ou tal distrito de Jeffersonville mesmo aqueles que estavam em cidades muito distantes eram conecto a ele por telefone durante a pregação. E veem que a verdadeira tendência branhamista aos olhos de Deus, em outras palavras, aquela que está ao lado de Ewald Frank ainda mantém esse espirito; numa cidade, eles não têm senão uma única congregação… isso não é só aqui, mas é em todo lugar no mundo.

17 Mas quando Eliseu entrou em cena, os filhos dos profetas vieram  prostrar-se diante dele. A Bíblia diz, «E os filhos dos profetas que estavam em Jericó no lado oposto viram-lhe e disseram: o Espirito de Elias repousa sobre Eliseu. E eles vieram encontrar-se com ele, e ajoelharam-se ao chão diante dele, e disseram a ele isto e aquilo…».

18 Eles reconheceram o ministério de Elias através de Eliseu e eu tenho dito que qualquer pastor ou pregador que lidera uma igreja, que pode discernir que esta Mensagem é verdadeira e que a aceita e prega essa Mensagem no mesmo Espírito que nós, ele tem o Espírito de profeta, isto é, o Espírito Santo. Ele é um filho de profeta, isto é, um ministério de Efésios 4:11, apóstolo, profeta de igreja, evangelista e doutor. E no tempo de Elias havia alguns por toda parte: em Bétel, em Gilgal, em Jericó… se esse pastor ou apóstolo ou outro não é um avarento Geazi então ele é um filho de profeta a exemplo daquele que o Eliseu enviou diante de Naamã, o Sírio.

19 Todo espírito que coloca a preocupação pela prosperidade e a competição acima da Salvação de almas é o de Gehazi e foi na era de Eliseu que ele agiu abertamente. E eu vos digo que todos os filhos de profeta no tempo de Elias acreditaram em Elias e foram o eco de Elias quando Elias estava na terra. A Bíblia os chama filhos de profeta. Mas, filhos de qual profeta? Do Profeta Elias, o profeta do seu tempo. Eles eram filhos do Profeta Elias. Eles tinham a revelação de quem Elias era, e em seguida de quem Eliseu era, e a Bíblia diz que eles vieram se prostrar diante de Eliseu. Por quê? Porque eles tinham o mesmo espírito. Um profeta evangélico nunca o teria feito, assim como aqui eles não podem fazer isso porque não temos o mesmo Espírito Santo.

20 Agora regressemos ao nosso texto. Notem que estes filhos de profeta estavam no mesmo espírito que Elias. Eram filhos do profeta Elias. É do Profeta Elias que eles foram filhos. Amém! Vamos ler isso: "E cinqüenta homens dos filhos dos profetas foram e ficaram de longe, e os dois pararam junto ao Jordão." Amém!

21 Para Josué eram doze virgens e o número doze, era em relação com as doze tribos de Israel. Aqui se fala de cinco para simbolizar a graça pela qual ela é salva. No princípio, todo o grupo incrédulo de Moisés caiu no deserto. E desta Noiva do Judaísmo apareceram várias ... e cinco é a figura da graça como as cinco letras de Josué. E como Vashti, os branhamistas caíram e Ester foi escolhida pela graça como as cinco letras de Hegai. E no final, a Noiva das nações aparece debaixo da graça sob o ministério final daquele que cavalga a África; desta vez um cavaleiro africano para o ministério do arrebatamento. [Ed: A congregação diz: «Amem!»]. Cinco, é a graça e oito, é a eternidade e o arrebatamento. E quantos sabem que sete é a figura do cumprimento? [Ed: A congregação diz: «Amem!»]. É exatamente isso!

22 Em Dezembro de 1965, William Branham deixou a terra e Deus conta: um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete anos! E em dezembro de 1972, no sétimo ano e no sétimo dezembro da morte de William Branham, Ele traz William Branham de volta à terra novamente. Por quê? Com a visão do ministério sob a tenda. Não é maravilhoso? [Ed: A congregação diz: «Amem!»].

23 Assim, não há dez congregações, mas dois campos de virgens. Cinco virgens por campo como Cântico dos Cânticos 6:13 mostra. E tudo isso é claramente mostrado em Ezequiel 1:16 que diz assim: «A aparência das rodas e as suas obras eram como o aspecto da crisólita; e eles quatro tinham a mesma semelhança; e a sua aparência e as suas obras eram como se fosse uma roda no meio de uma roda.» Vocês veem? 

24 Observem isso: «… e a sua aparência e as suas obras eram como se fosse uma roda no meio de uma roda». Há cinco congregações e a sua aparência e as suas obras eram como se fossem uma virgem dentro de uma virgem. Portanto, não é uma questão de muitas igrejas acreditando em coisas diferentes, mas uma Igreja-Noiva na terra. E esta Igreja-Noiva, são todos os santos reunidos em torno do profeta do seu tempo. [Ed: A congregação diz: «Amem!»]. É a Noiva-Palavra! É por isso que ela acredita na Palavra vinda de Deus e não em uma teologia ou em raciocínios humano. Não se trata, portanto, dos católicos que são prostitutas, dos protestantes que são prostitutas, dos evangélicos, que são prostitutas, dos branhamistas que são prostitutas, mas da verdadeira Igreja caminhando ao passo do profeta mensageiro no meio deles.

25 Deus é o Espírito e o profeta vivo é a alma e a matriz, e a Igreja viva é o corpo. Fora de um profeta mensageiro vivo na terra, não há Deus e não há Salvação. [Ed: A congregação diz: «Amem!»]. Todas as igrejas sem distinção confraternizarão na terra, com igrejas homossexuais e se sentarão junto com os políticos, com os líderes deste mundo. Mas há uma Igreja que sempre estará de lado, é a do Senhor Jesus Cristo e vocês não podem ser salvos no Céu antes de vocês pertencerem a esta igreja na terra. E que o que tem ouvidos para ouvir, ouça!