KACOU 46 : PRECEITOS DO SACERDÓCIO

(Pregada na noite de quinta-feira, 21 de setembro de 2006 e retomada em janeiro de 2007, em Adjamé, Abidjan - Costa do Marfim)

1Eu quereria pregar esta noite sobre os preceitos do sacerdócio mas como costume, eu quereria falar primeiro de várias coisas… 

2  Nós somos gratos ao Senhor por todos os testemunhos de curas e de milagres que se fazem aqui e podemos dizer que os enfermos são curados, os possuídos são libertos e a alma espiritual pode dizer que a Mensagem está altamente confirmada. Mas como no tempo do Senhor Jesus, os que estão distantes incluindo João Batista não o sabiam… 

3Bem! Um irmão que aceitou o Clamor da meia noite e a quem dissemos que William Branham era um verdadeiro e autêntico profeta de Deus veio trazer-me informações que mostram o facto de que William Branham seria um falso profeta porque profetizou que o Senhor Jesus Cristo ia retornar em 1993. E eu sei também que os evangélicos confundiram os branhamistas sobre esta profecia. 

4Que Deus abençoe ao cêntuplo todos os que dizem que William Branham é um falso profeta devido à sua profecia sobre 1993. [Ed: A congregação diz: « Amém! »].

5Irmãos, vemos que vozes se levantam contra o Clamor da meia noite, um panfleto intitulado: « Evangelho do terror »circulou aqui contra o Clamor da meia noite. Podíamos ler: « Este evangelho é trazido por certo Kacou Philippe a quem uma divindade teria falado…». Igrejas de confissões diferentes organizaram uma conferência sobre a Mensagem e livros estão em preparação mesmo no Congo-Kinshasa onde também vozes favoráveis se levantaram em prol da Mensagem.

6Eu disse que o Congo-Kinshasa será um lar importante para o Clamor da meia noite. 

7Uma outra voz de discórdia, a de um filho de Bélial da estatura de Golias a quem uma voz de astúcia teria dito: « Chamar-te-ás Davi e ganharás a tua vida! »Eleva-se com toda sua força para demonstrar que não pode vir um profeta negro porque de acordo com ele, por um lado, os Africanos são idólatras e feiticeiros e por outro lado, descendentes de Cam. Se William Branham um descendente dos Índios pude ser profeta, um Africano se-lo-á também pela mão de O que não faz excepção de ninguém! E se um Africano não pode ser profeta mensageiro como Moisés, Isaías e Jeremias então um Africano tampouco pode ser pastor, evangelista, doutor ou apóstolo. E se disser que este Saul e todos os que o seguem são da posteridade da serpente, isso é correto. 

8Agora, observem que o diabo não é sábio! Sabemos que a Bíblia não diz em nenhuma parte que um Africano não pode ser profeta mensageiro e se Deus deve dizê-lo, Ele di-lo-á por um profeta mensageiro porque a Palavra vem ao profeta. Se Deus deve dizer outra coisa que a Bíblia não diz, e da dimensão desta doutrina, di-lo-á por um profeta mensageiro. Ora, Davi, o pastor branhamista que prega esta doutrina, é um africano e como branhamista, ele sabe que a Palavra de Deus vem primeiramente ao profeta! … [Ed: A congregação diz: « Amém! »]. E nenhum de todos esses procurou encontrar-me para fazer-me ver que eu não sou profeta ou que preguei uma falsa doutrina. [Ed: A congregação diz: « Amém! »]

9E além de tudo isso, é necessário contar a reação da Suíça pela voz de Alexis Barilier e Ewald Frank. De acordo com eles, o Clamor da meia noite é emitido pelo Senhor através de vários servos de Deus. Aqui está o que disse Alexis Barilier: «… É por isso que é certo que se alguém ouvir o que o Espírito diz à Igreja neste dia, compreenderá e saberá que o Senhor faz escutar muito precisamente um Clamor que é uma chamada para o despertar, chamada que é lançada através de vários servos inspirados de Deus: que seja o nosso irmão Ewald Frank ou outros. Este novo escrito do nosso irmão M´bra Parfait que publicamos agora também faz parte do Clamor que o nosso Senhor faz ressoar à neia noite…»

10E agora os branhamistas estão a dar autoridade a alguns entre eles que querem produzir um renascimento carismático branhamista católico para que faraó possa dizer-me: « Tu vês que também temos alguns mensageiros de Mateus 25:6, negro como tu, Ivoirense como tu e podendo fazer o que fazes! ». Quando Moisés lançou a sua vara e aquilo se tornou uma serpente, faraó, o presidente de honra das igrejas chamou os evangelista e profeta Jannes e Jambres que tinham dons poderosos de milagres e de curas a fim de produzir milagres na frente dos egípcios, ou seja, as igrejas católicas, protestantes, evangélicas e branhamistas, incluindo o islão e o judaísmo e estes dois mágicos da fração de Tommy Osborn fizeram aquilo, fizeram milagres reais e autênticos e aquilo fortificou todos os faraós de igrejas e aquilo endurece o coração de todos os seus fiéis. Mas como no tempo de cada profeta de Deus, esta Mensagem que trago sobre toda a face da terra prevalecerá e salvará os escolhidos e condenará os filhos do diabo. [Ed: A congregação diz: « Amém! »]

11Eu gostaria ler agora um sonho visto por um pastor branhamista. Leio isto: « No decorrer do primeiro trimestre do ano 2004, o Senhor deu-me um sonho no qual o irmão M´bra e eu andávamos juntos sobre um caminho. Estávamos muito bem vestidos com sacos em bandoleira. Na caminhada, chegamos diante de um tribunal, no qual o irmão tivesse decidido que entrássemos. Uma vez dentro, o irmão fez-me uma observação nestes termos: Irmão olha o número de Bíblias que se encontram na terra. Olhei e vi um grande número de Bíblias de diferentes formatos na terra. Quando nos avançámos ligeiramente mais distante, encontramos três homens sentados sobre cadeiras semelhantes às cadeiras de tipo Louis XIV… Lemos sobre o seu rosto uma paz profunda e muito grande segurança ». Vocês veem? Aí está o sonho que viu este pastor branhamista.

12Agora, o único e verdadeiro meio para compreender e de interpretar aquilo é na Mensagem de Mateus 25:6 e de Apocalipse 12:14. E se eles tivessem aceitado humildemente o Clamor da meia noite, saberiam que vários FORMATOS de bíblias na terra não significa outra coisa que o conjunto das VERSÕES da bíblia que o Deus do Clamor da meia noite tem lançado fora para ser queimado. E por este ponto, reconheceriam a Mensagem que devem proclamar ao mundo. Mas eles não podem mais fazê-lo porque o papado branhamista deu-lhes sua unção e o seu óleo que é a sua visão da Palavra, a sua maneira de ver que transmite para os que a seguem.

13O sonho indicava que o tempo tinha chegado onde algo se passaria na igreja de modo que uma autêntica Bíblia fosse distinguida e as outras lançadas fora. Vocês veem? Qual é o erro que cometeram? O seu erro é que, quando viram as bíblias na terra, deveriam parar-se lá e procurar compreender e Deus mostrar-lhes-ia a Mensagem que estava ao lado, muito perto deles, tanto espiritualmente como fisicamente, … mas eles foram mais distante! Vocês veem?  Ele diz: « Quando nos avançamos ligeiramente mais distante… ». Está aí o erro! 

14O que é deplorável é que a interpretação de tal sonho se tornou da competência de um profeta mensageiro e foi Deus quem o deu porque há um profeta mensageiro na terra. 

15E esse M´bra recebeu a unção de um demônio. Ele reporta no sonho: «… encontramos três homens sentados sobre cadeiras semelhantes às cadeiras do tipo Louis XIV. Pelo seu aspecto, os reconhecemos serem servos de Deus. Eles estavam igualmente muito bem vestidos. Lemos sobre o seu rosto uma paz profunda e muito grande segurança. Aproximamo-nos deles e sentei-me ao lado deles… »[Ed: Extrato do seu livro: Os cinco ministérios da Palavra na visão dos tempos do fim]. E eu disse na frente dele que estas três pessoas eram as três pessoas físicas que são Ewald Frank, Alexis Barilier e alguém semelhante ao Léonard Lifesé, mas também e sobretudo os três espíritos de sapo em Apocalipse 16:13 cujo trono está em Krefeld e Jeffersonville. 

16Isso não o impediu de publicar o livro: « O despertar prometido »no qual declara que estes três anjos o visitam constantemente. E ele declara que estes três anjos são os de Apocalipse 14:6-10, comparando o primeiro ao William Branham, o segundo ao Ewald Frank e o terceiro a ele mesmo. 

17E Alexis Barilier publica tais besteiras para dizer que não conhece nada da Palavra de Deus! Vocês veem? Mesmo um bom metodista sabe que se a Mensagem do segundo anjo de Apocalipse 14 revelar o catolicismo, então a Mensagem do primeiro anjo de Apocalipse 14 não poderia ser de William Branham. 

18 E mais, como os anjos de Deus podem sentar-se sobre cadeiras de Louis XIV com uma paz profunda? Um anjo de Deus que se sentaria sobre uma cadeira real com uma paz profunda diante de tudo que se passa sobre a face da terra é um demônio! [Ed: A congregação diz: « Amém! »]. E é apenas Ewald Frank, Alexis Barilier e os branhamistas que não o sabem. Ainda, este M´bra Parfait não sabe que não será nada sobre a terra porque tem recusado o seu profeta, o profeta Kacou Philippe. 

19Agora se o cumprimento for outra coisa do que a revelação que Deus atribuiu-me sobre isso, que eles me informem de modo que eu possa dizer que eu sou um falso profeta. E é por ele que vi que os branhamistas também fundam missões e ministérios como os evangélicos. Para as missões evangélicas, você ouvirá nomes como: MIR, MEDA, MIEDA, MIGA, MIEDRA, MICAS, MECI, MIESOS, MIROS, MICOS, MIL, MPJ, MEC, MEROS da sua mamã Jezabel e para M´bra, é MEVAR. Satanás designa «M»por Missão ou Ministério para enganar a humanidade, mas é necessário ver nisso «Morgue». Morgue católica, morgue protestante, morgue evangélica, morgue branhamista, morgue metodista, morgue batista, morgue anabatista, morgue dos santos dos últimos dias, morgue pentecostal. Vocês veem? 

20Mas no branhamismo, os primeiros a criarem uma missão como os evangélicos, são Ewald Frank e Alexis Barilier: MPP: Missão da Palavra Falada que tem o seu centro na Suíça, antes do de Léonard LIFESE.

21E além de aquilo, quando um pastor branhamista cita o Watchman Nee, Billy Graham, Tommy Osborn como sendo homens de Deus, ele revela o seu fundo porque todos esses estão de acordo com todas as igrejas católicas, protestantes e evangélicas. Vocês veem? Eles são do mesmo grupo. A princípio se Osborn vier aqui na Costa do Marfim, os branhamistas devem juntar-se aos batistas, os metodistas e outros para acolhê-lo… e desde Ewald Frank, há um novo ministério de Efésios 4:11 que foi criado e para eles, este ministério é: « missionário ».  

22E o M´bra Parfait que tem o ministério de penitência e dos jejuns, disse que uma voz lhe disse aos 12 de agosto de 1995 que Alexis Barilier viria da Suíça para consagrá-lo. Quereria dizer a esta curiosa voz que não se consagra um profeta mensageiro! Quem é maior do que tu, no teu tempo, para te consagrar? Mesmo o que me batizou em 1993, Deus fez que eu também o batizasse em 2004 para o Clamor da meia noite. O que William Branham não fez ao seu pastor batista. E é um grande ato relacionado com o personagem glorioso e deixo isso à meditação dos branhamistas. 

23E antes e depois da data da consagração de M´bra, ele era pregador branhamista, bem conhecido e em 2005, sendo ao mesmo tempo pregador branhamista e após ter lido pregações do Clamor da meia noite, ele lança um suposto ministério de Mateus 25:6 através de um síte na internet. A sua mensagem: Conduzir todos os branhamistas da tendência de Ewald Frank a um gigantesco movimento de jejum e oração; o que não funcionará. A mensagem de M´bra é: « arrependimento, jejum e oração! »Que todos os profetas tragam tal mensagem e ninguém será decapitado, pendurado, crucificado, preso ou queimado vivo! Mas nós sabemos que é um ministério satánico que não irá em nenhuma parte! [Ed: A congregação diz: «Amém! »].

24E se observarem, em 1858 em Lourdes, aquando do aparecimento de Marie à Bernadette Soubirous, a mensagem da virgem foi: « FAZEM PENITÊNCIA! FAZEM PENITÊNCIA! »E aquilo não deu nada exceto um renascimento carismático que é um chifre da mesma besta católica. E assim será para este movimento lançado por este penitente M´bra. [Ed: A congregação diz: « Amém! »].

25E não compreendo como alguém se levanta sem Mensagem… é como se quarenta anos após o profeta Ageu, o profeta Zacarias vem tomar a Mensagem do profeta Ageu para despertar as pessoas através de jejuns e orações! Deus uma vez enviou um profeta de penitência sobre a terra?  Será que exortar as pessoas à oração é uma Mensagem? 

26Numa brochura intitulada: REGRESSEM E REJUBILEM, referência 125, William Branham lança isto: «… Os pais do pentecostes combateram para ganhar o Preço, e navegaram sobre mares sangrentos. Não andemos no caminho da cama florescida da facilidade aderindo a uma organização! Tenham experiência. Voltem a Deus. Voltem ao alimento de águia. Voltem à condução do Espírito Santo. Voltem à Palavra de Deus. Voltem ao jejum e oração ». Mas dizendo aquilo, William Branham não tinha uma Mensagem de êxodo com rebatismo, revelando a divindade de Cristo, revelando os sete selos, dando o sinal do Filho do Homem, revelando a semente da serpente e outros? Será que os livros de Jeremias, Isaías, Neemias falam apenas de jejum e oração? Sejam sinceros! 

27Os branhamistas caíram tão baixo ao ponto de considerar M´bra que é um seguidor de Osborn, de Watchman Nee, Billy Graham e outros, como um servo de Deus? Os branhamistas caíram tão baixo ao ponto de seguirem um profeta de penitência? Os branhamistas caíram tão baixo ao ponto de seguirem alguém que diz que William Branham, Ewald Frank e ele mesmo são respetivamente os três anjos de Apocalipse 14:6-10? Como, por conseguinte o segundo e o terceiro anjo agem sobre a terra ao mesmo momento e que o segundo anjo rejeita o terceiro? VOCÊS RESPONDERÃO POR ISSO DIANTE DE DEUS! 

28E a Bíblia diz que os branhamistas incluindo Ewald Frank, Alexis Barilier e os filhos de Branham todos adormeceram… E da mesma maneira que Deus foi tomar Moisés fora do Egito, um pastor em Midiã, da mesma maneira que Ele foi tomar Eliseu que laborava o seu campo… da mesma maneira que Ele foi tomar Paulo enquanto que havia doze apóstolos e setenta discípulos disponíveis, preenchidos do Espírito Santo, é assim que Ele o fará hoje à meia noite! A Mensagem de Mateus 25:6 não pode vir a um branhamista senão seria uma contradição. Como um branhamista se despertará para despertar os outros? É impossível de maneira absoluta que o Clamor da meia noite venha de um branhamista! [Ed: A congregação diz: « Amém! »]

29E a Suíça, vendo a velhice do seu papado e para semear a confusão, está a fabricar um mensageiro do Clamor da meia noite; um branhamista que recebeu as pregações do Clamor da meia noite em 2003 pelo Irmão Abou. E quando Barilier diz que foi em 2005 que eu comecei a pregar, deve arrepender-se porque eu comecei a pregar Mateus 25:6 aos 8 de julho de 2002 e isso se encontra em alguns websites. E quando Alexis Barilier diz também que queimo as brochuras de William Branham, deve arrepender-se!

30E quando dizem que Ewald Frank não morrerá antes do rapto, é uma mentira porque o rapto terá lugar depois do nosso tempo, no fim do cantar do galo. Vocês veem? Eu gostaria que ele vivesse até ao rapto, mas isso não é possível! Quanto a Mateus 24:45-51, o Mestre retornando em 24 de abril de 1993 repreendeu-lhe através do Clamor da meia noite porque ele não estava fazendo o que devia fazer. [Ed: A congregação diz: « Amém! »].

31E falando do Clamor da meia noite, Alexis Barilier, Ewald Frank e os branhamistas receberam as minhas pregações desde 2003, antes mesmo que eles começassem realmente a falar do Clamor da meia noite. E M´bra Parfait havia-me dito pessoalmente que as minhas pregações eram muito condensadas. 

32E falando da palavra meia-noite, eu gostaria de dizer que é a Mensagem que marca meia-noite e o fim da progressão da escuridão. É a Mensagem que indica meia-noite. A partir desta Mensagem, a terra começará a andar em direção ao dia pela expansão da luz do dia. As escamas da escuridão começam a cair. Doravante um homem das nações sabe que tal espírito não é o Espírito Santo e que tal versão da Bíblia não é a Bíblia.

33Cada vez que um anjo desce, a terra é iluminada como indica Apocalipse 18:1 e a visão de 24 de abril de 1993. A luz da Mensagem que ele dá através de um homem ilumina a terra. Amém! Vocês veem? 

34Não é somente porque é meia noite que a Mensagem foi dada mas é a Mensagem que marca meia noite, quer dizer que põe fim à progressão da noite… 

35E agora para começar a pregação do dia, quereria ainda dizer isto: Eis um extrato da carta que Alexis Barilier dirigiu à Ewald Frank após a sua passagem na Costa do Marfim em setembro de 2006. Alexis Barilier disse isto: [Ed: INÍCIO DA CARTA DE ALEXIS BARILIER]: « … quando desceste da plataforma e começaste a fazer vênias, tocando ao mesmo tempo a mão dos pregadores, eu vi sob os olhos o que eu tinha visto na televisão ser feito pelo papa, quando descia no meio dos seus cardeais e bispos reunidos a volta dele…  

36… Se as pregações do Irmão Branham e do irmão Frank que recebemos, devessem nos despertar, há muito tempo que deveríamos estar despertos. Observe que me coloco também sobre a mesma linha que tu, porque sempre procurei trazer unicamente Palavras inspiradas da Bíblia, e é claro que nem as minhas pregações puderam impedir as virgens de se adormecerem. O nosso Pai celestial sabia disso e é por isso que Ele falou de um Clamor que devia despertar as virgens, não na sétima vigília, que é a última, na qual o Espírito e a Esposa estão prontos para dizer: Venha! Mas à meia noite porque as virgens cessaram de avançar…

37Agora, a pergunta é saber se estamos conscientes que todas as virgens adormeceram, incluindo nós e que isso aconteceu depois das virgens terem respondido à chamada da Mensagem trazida pelo Irmão Branham? Estamos conscientes que se todas nossas pregações não puderam impedir as virgens de adormecerem, elas não serão capazes de despertá-las, mas que o Senhor prometeu um despertar não somente para as virgens sábias, mas também as loucas, por um Clamor à meia noite… Um Clamor é também uma Mensagem porque pode ser um Clamor que exprime uma Mensagem de alegria ou de aflição, ou uma Mensagem de chamada ao despertar e repreensão, como no caso de Mateus 25:6-7.

38A Mensagem confiada ao Irmão Branham deve preparar a Esposa para o casamento do Esposo. Mas se as virgens dormirem, como podem preparar-se, como podem realizar Apocalipse 19:7,8 e cobrir-se das obras justas dos santos que lhe são dadas para cobrir-se? O que temos necessidade realmente hoje é o despertar pelo Clamor prometido à meia noite. Poder-se-ia que o Senhor Jesus use outra pessoa que não seja Ewald Frank ou Alexis Barilier para despertar as virgens? Sim, certamente! » [Ed: Fim da carta de Alexis Barilier].

39  E na resposta de 16 de outubro de 2006, Ewald Frank reconhece também que Mateus 25:6 está a vir! Que dirão os branhamistas após me terem tanto combatido e proclamado que o Clamor da meia noite, é a Mensagem de William Branham? Vocês veem? Agora, é necessário que Alexis Barilier reconheça que M´bra Parfait que consagrou como pregador branhamista aos 12 de agosto de 1995 está também no número dos que dormem após a Mensagem de William Branham! Sejam sinceros! 

40Tomemos agora as nossas Bíblias em Apocalipse 1:6… Esta Mensagem refere-se a mim mesmo em primeiro, em seguida a todos os que servem o Senhor; os pregadores e outros, e seguidamente todos os que acreditam nesta Mensagem. E tirei-o de Apocalipse 1:6. O assunto é: Preceitos do sacerdócio. Eu irei muito devagar. Vamos ler versículos… e é necessário que possam entender isso. Considero que hoje será talvez a primeira parte da pregação, certamente. Amém! [Ed: A congregação diz: «Amém! »]«Ele fez-nos um Reino, de sacerdotes para o seu Deus e Pai; à Ele a glória e a força aos séculos dos séculos! Amém ».

41Bem! Deus sempre quis que houvesse um sacerdote soberano. Mas de facto, este sacerdote soberano é Deus através de um homem. Porque sabemos que são as ovelhas que formam o rebanho. Mas um cordeiro não pode conduzir um rebanho de cordeiros. Não é possível! Quando os cordeiros estiverem reunidos, é necessário algo mais que um cordeiro para ser o pastor. Vocês veem? 

42E a Bíblia diz que o Senhor Jesus Cristo era o Cordeiro de Deus, e era mais que um cordeiro natural, era uma pessoa. Vejam, substituam simplesmente os cordeiros por homens. Um homem natural não pode conduzir homens, ele deve ser um profeta mensageiro, isto é, Deus através de um homem. Como também um cordeiro não pode conduzir um rebanho de cordeiros. Que quer dizer que este cordeiro que conduz os outros não é um cordeiro natural. E isso também chega para o lado dos homens, e é Deus quem lhe dá esta capacidade. E esta obra pede muitas regras e preceitos. Vocês veem? 

43É por isso que eu gostaria de falar esta noite do tema: os preceitos do sacerdócio. Esta noite, eu gostaria de abordar isso em certo sentido. Antes que viesse ao Senhor, como o sabem, eu tinha exercido atividades e eu tinha um pouco de dinheiro. E quando vim e eu pregava esta Mensagem, eu tinha sempre um pouco de dinheiro que eu tinha adquirido ao suor da minha face, eu tinha roupas, sapatos… que eu tinha adquirido ao suor da minha face. E enquanto eu estou a trabalhar no Senhor, havia agora além do que eu tinha tido do suor da minha face, o que os irmãos me davam. Mas, chegado a um certo momento, Deus opera a separação, no entanto, tudo é para Ele. 

44Vocês verão que quando Ana pediu uma criança à Deus e que Deus deu-lhe esta criança de nome Samuel, algo se passou: Bem! Vamos ler 1 Samuel 2:18-19. [Ed.: Um irmão lê: …]. Por conseguinte, retemos que Samuel estava diante da face de Deus e os seus parentes subiam de ano em ano para ver Samuel. Por conseguinte, não é dito que Samuel ia de férias de ano em ano para casa dos seus parentes, mas foram eles quem iam a ele. Leiamos também 1 Samuel 2:21: « E Jeová visitou Ana, e ela concebeu, e deu à luz três filhos e duas filhas… ». Amém!

45Vocês veem? Deus fez algo que não é a obra do acaso e por lá podemos compreender que de forma clara, Maria devia ter outras crianças além de Jesus. Mas eu penso que, depois de Jesus, Maria não devia ter outros filhos. [Ed: A congregação diz: «Amém! »].

46Mas porque Deus fez isso?  É a isto que eu gostaria de vir. Vocês veem? Agora, eu gostaria que lêssemos ainda uma passagem em Levíticos 22. Vamos ler vários versículos em Levíticos 22, mas o ponto que eu queria tocar esta noite, é a separação do que recebemos do homem e com o que recebemos de Deus. Eu gostaria de falar particularmente do que recebemos do sacerdócio como dízimos e ofertas e outros dons que são coisas santas.

47Bem! Vamos ler Levíticos 22:4: « Ninguém dentre os descendentes de Aarão, que for leproso, ou tiver um fluxo, comerá das coisas sagradas, até que seja limpo…». Agora, o que é que esta passagem quer dizer? Esta passagem quer dizer que todos os que estão aqui têm o direito de comer coisas santas, ou seja, os dízimos e as ofertas, eu posso dar este dízimo ou oferta a um irmão que vive bem. E é digno de consumir aquilo. 

48Agora um irmão vai ler Levíticos 22:6-12. Seguem muito bem, é a Bíblia ela mesma quem vai falar, eu começarei no versículo 10: « Nenhum estranho comerá das coisas sagradas; nem o hóspede do sacerdote, nem o jornaleiro, comerá delas. Mas aquele que o sacerdote tiver comprado com o seu dinheiro, e o nascido na sua casa, esses comerão do seu pão. Se a filha de um sacerdote se casar com um estranho, ela não comerá da oferta alçada das coisas sagradas ». 

49A Bíblia diz aqui que um estranho, ou seja, todo aquele que não crê no profeta vivo do seu tempo, não pode comer o que é puro, ou seja, os dízimos e ofertas. Bem! Quando eu cheguei de viagem, disse que uma Irmã ofereceu algo, de modo que aquilo fosse entregue à minha mãe. Não é mau, está correto porque não é um dízimo ou oferta a Deus. Mas eu penso que realmente este dinheiro deveria ir ao lugar de um irmão ou uma irmã com necessidade aqui, na congregação. Vocês veem? É realmente isso. Vamos ler Lucas 8:19-21. [Ed: Um irmão lê»]. Vocês veem? O meu pai e a minha mãe, primeiro, são os que estão aqui!

50E Davi antes que fosse rei era perseguido. E chegado em algum lugar encontrou sacerdotes, e lá, e havia pão, mas nem todos podiam comer. Para nós, o impuro ou o estranho são todos os que ainda não têm tomado o seu batismo ou que não acreditam na Mensagem do seu tempo. [Ed: A congregação diz: « Amém! »]. Vocês veem? Os textos que vimos ler explicam mesmo que a filha de um sacerdote que foi casar-se com um pagão não tem o direito de comer. Vocês veem? 

51Bem! Agora um fiel ou um irmão que serve Deus e que exerce uma atividade social, se após ter tomado o dízimo e a oferta sobre o seu salário, quiser dar todo o resto aos seus parentes, é o seu direito e é livre de fazê-lo assim! Ainda que seja um sacerdote ou qualquer! Se for um fiel é similar… 

52Mas para o que vive da Palavra de Deus não pode fazer isso. Mas se isto acontecer, é como a chuva de Deus que cai sobre as ervas daninhas. Vocês veem? Para o que vive da Palavra de Deus como eu, não pode ir construir ou comprar um terreno e construir de modo que os seus parentes venham viver aí enquanto que eles não acreditam na Mensagem. Vocês veem? Isso não pode mesmo fazer-se e isso é para toda a sua vida. E no dia que ele morrerá, os seus parentes não têm nada a ver com o que ele tem como bem. Vocês veem? É verdade que o sacerdote oferece sacrifícios, carneiros, … mas o primeiro sacrifício do verdadeiro sacerdote, é ele mesmo.

53E é com a aplicação desta Mensagem que os que dão os sacrifícios são abençoados. A Bíblia fala por toda a parte, há tantos versículos, nós apenas tocamos em alguns versículos. É o que a Bíblia diz e o Senhor Jesus Cristo não veio abolir estas coisas. E estas coisas são tão verdadeiras que não se pode contorná-las. Vocês veem? Um pastor, profeta ou outro que faz mau uso do dízimo e oferta atrai a maldição sobre o seu povo. Mesmo que um irmão ou uma irmã deu-lhe fora do culto, é uma coisa santa. Vocês veem? Os parentes eles mesmos sabem que… de qualquer forma estamos na África e cada um de nós viu alguns feiticeiros a fazerem sacrifícios dizendo que nem todos podem comer este sacrifício. Não podem dizer que não entenderam ou que não escutaram isso em algum lugar. 

54E de resto, uma árvore que eles rejeitam ou que atribuem ao diabo, como comerão os frutos? Quando sei que o feiticeiro é do diabo, não posso consumir o sacrifício deste feticeiro.  Quem deve assistir a minha mãe, é o padre ou pastor da minha mãe. Não é por maldade, mas é a obediência à Palavra. [Ed: A congregação diz: «Amém! »]. É isso, irmãos! São todas essas coisas que conduzem à bênção e que fazem que sejamos abençoados. É a Bíblia que diz isso e Deus que não trabalha na confusão dará aos teus parentes o que eles necessitam… mas se acontece que eu dou-lhes, é a chuva de Deus que cai sobre ervas daninhas ou o salário do bem que eles fizeram por mim.  

55Quando Elias tinha chamado Eliseu, Eliseu sabendo de todos os bens que lhe foram feitos, foi oferecer um sacrifício de bois ali. É ele mesmo quem se sacrificou aí. Apartir deste dia, houve uma separação. Ouviram dizer que o sacerdote não beberá, não tomará mulher isto ou aquilo, mas o Espírito diz agora o que devem fazer e isso se aplica para todos os que se consagraram a Deus independentemente do ministério. Vocês veem? 

56O dízimo e as ofertas são coisas que ninguém pode consumir se não for um irmão ou uma irmã da Mensagem que vive bem. Se há uma obrigação, isso será objeto de uma contribuição especial como fariam para um estranho ou para um irmão em necessidade. Enquanto estivermos no culto, se um pagão vier dizer: « venham me ajudar! Não comi todo o dia com a minha casa! » Faremos uma contribuição especial para ele! É isso que o sacerdote perguntará se há uma urgência para a sua família ou outro. Mas se tomar o dízimo ou a oferta para fazer isso, é um pecado! O pão do sacerdote é um pão de proposição. Os estranhos não podem comer. 

57Agora, sobre uma doação que você recebeu de um parente, amigo ou conhecido, você pode tomar o dízimo mas sobre uma oferta que um irmão te deu, você não tomará o dízimo porque é um irmão quem te deu aquilo e é considerado que ele já tomou o dízimo.

58O que um irmão recebe de outro irmão, pode compartilhá-lo com os seus parentes, mas não é assim com o que recebe de um sacerdote. 

59Mas quanto à mulher deste sacerdote, ainda que não exerça nenhuma outra atividade, pode dar o que tem aos seus parentes porque não o recebe como sacerdote mas como quem serve o sacerdote. 

60O que diz a Bíblia? « Porque mandamento sobre mandamento, mandamento sobre mandamento; linha sobre linha, linha sobre linha; um pouco aqui, um pouco lá...  Por lábios gaguejantes e por uma língua estranha falarei a este povo ». [Ed: A congregação diz: «Amém! »]. 

61Agora, eu gostaria de dizer algo muito importante! Ninguém, se ele acredita nesta Mensagem tem o direito de comer sacrifícios dedicados ao diabo. Vocês veem? Se souber que alguém é pastor de uma igreja qualquer: protestante, evangélica ou branhamista, ou que é padre, e vive do seu sacerdócio, não têm o direito de receber o dinheiro dele ou de comer na casa dele! Se vocês pensam que não podem comer um cabrito preto ou uma galinha branca oferecida em sacrifício, então vocês não devem comer na casa de um padre ou pastor católico, protestante, evangélico ou branhamista.

62O pregador que está aqui, não está aqui para falar necessariamente dos fiéis. Vocês veem? Isto não é um tribunal e os bancos da igreja não são bancos de réus…

63Para terminar esta pregação sobre os preceitos do sacerdócio, eu gostaria de dizer que não desejo que um dia haja escolas que levem o meu nome, fundações que levem o meu nome. Que nenhuma escola, que nenhuma fundação, que nenhuma coisa levasse o meu nome. A minha alma sente-se bem aqui com os fracos. Nasci na simplicidade e a minha alma irá descansar na simplicidade. 

64Eu decidi que o livro do Clamor da meia-noite seja gratuito para todos e eu farei com que seja assim para sempre! Que seja para o pobre ou para o rico, será gratuito para sempre! E Que Deus vos abençoe!